Laudos Bacteriológicos

Laudos bacteriológicos são estudos e análises efetuados para o controle de qualidade da água.
Esses estudos são realizados para identificar se aquele corpo hídrico ou reservatório de água está contaminado, quais são os patógenos e qual a melhor forma de tratamento. Uma série de parâmetros podem ser analisados nesses laudos bacteriológicos, como por exemplo: Balneabilidade; Condutividade Elétrica; Potabilidade; Ph;

Todos esses parâmetros de análise físico-química da água auxiliam na identificação de elementos que, ao interagir com essa água, modificam a estrutura da mesma, alterando o gosto ou a cor, por exemplo.
Também há a possibilidade de se realizar a análise microbiológica, que é justamente empregada para avaliar a potabilidade daquela água, ou seja, se ela é própria para o consumo ou não.
Esta análise verifica a quantidade de coliformes fecais e de outras bactérias presentes na amostra, a fim de definir seu grau de pureza.

A importância do laudo bacteriológico

Duas grandes aplicações demonstram a importância dessas análises.
A primeira diz respeito à saúde humana. É indispensável para nossa saúde termos interação com água potável, pois a utilizamos diariamente a todo momento, desde a água que bebemos, passando pela água que cozinhamos até a que tomamos banho e utilizamos para limpeza.
Imagine tomar banho com água extremamente poluída, ou ainda, ter de bebê-la diariamente? Seu corpo fatalmente adoecerá com o tempo.
A segunda grande importância é a questão ambiental. A adequação à legislação vigente é fundamental para a preservação e conservação ambiental, evitando que indústrias, empresas e residências contaminem o meio ambiente por lançar seus efluentes in natura, por exemplo.
Apesar de, literalmente, cair do céu, a água que bebemos precisa ser bem tratada ao longo de seu percurso entre cachoeiras, rios e lagos, até que em sua captação, nos sirva de alimento.
Isso sem falar da agricultura, das florestas e dos animais. Todos nós precisamos de água de qualidade.

Para que serve o laudo bacteriológico?

Geralmente, esses laudos são requeridos por órgãos ambientais de fiscalização e controle e industrias para averiguar se as condições sanitárias de determinados empreendimentos estão em conformidade com a legislação.
Mas não só eles. Diversos grupos se valem desses laudos para controlarem e acompanharem a qualidade da água fornecida, como:
Administradora de condomínios;
Associação de Moradores;
Demais órgãos públicos e privados.
Esses laudos são extremamente importantes, como já mencionado, tanto para assegurar o primordial, que é a saúde humana, tanto para adequação à legislação vigente, que também trabalha na direção da manutenção da qualidade de vida das pessoas e do meio ambiente.

 

Como é feito o laudo bacteriológico

Depois do cliente solicitar o serviço, a empresa contratada envia um ou mais técnicos para fazer a coleta de amostras do material, ou seja, da água a ser examinada.
Para não haver nenhum tipo de interferência no resultado, é indicado utilizar garrafas de água mineral para esse processo, pois outros recipientes como garrafas pet ou embalagens de outros produtos podem conter outros elementos químicos.
Feita a coleta, a água deve ser armazenada em local refrigerado e ser enviada para testagem em laboratório o mais rápido possível, para preservar as propriedades a serem investigadas.
No laboratório, uma série de testes são realizados periodicamente para averiguar o estado atual da amostra, as variações que são apresentadas ao longo do tempo para que, enfim, seja diagnosticada a saúde da água, definindo suas propriedades e apontando soluções para que ela possa ser recuperada para ser utilizada.
Desta forma, podemos observar a extrema importância de se realizar o laudo bacteriológico, principalmente para realizar o acompanhamento e o controle da qualidade da água, pois somente desta forma pode-se garantir uma água de qualidade, tanto para a saúde humana, como para o meio ambiente. No entanto, Somente empresas devidamente registradas com as equipes da DesentupimentoSP podem realizar o serviço de remoção de resíduos e lamas de acordo com as regulamentações Anvisa/ Sabesp/

Desta forma, podemos observar a extrema importância de se realizar o laudo bacteriológico, principalmente para realizar o acompanhamento e o controle da qualidade da água, pois somente desta forma pode-se garantir uma água de qualidade, tanto para a saúde humana, como para o meio ambiente.